julho 26, 2006

Homens podem dançar?

Muito embora eu esteja num clima marítimo devido ter assistido duas vezes o incrível "Piratas do Caribe 2", não vou botar os pés pelas mãos aqui no Fodecasting e pular um dos meus assuntos programados - os bucaneiros terão que esperar para o próximo post.

O tema de hoje é a DANÇA; mais especificamente, HOMENS DANÇANDO. E essa merece um post longo. As reações ao se ouvir esse tipo de coisa normalmente beiram o preconceito - é 'coisa de frutinha', muitos dizem. Na verdade, todo mundo que não é bicha ou mulher pensa assim. (Fazer o que? O homem, como espécie, é classificado através de seus preconceitos também) Mas aqui no FC os preconceitos servem para serem derrubados - e ai do viadão que não participar! Por isso que, sim, o assunto é sobre homens dançando. E principalmente, exemplos de homens dançando.
Normalmente, o que fere a tal efêmera masculinidade dos assim chamados machões ao pensar em música, é, inicialmente, o rebolado que ela causa. Pô, homem que é homem não rebola, não é mesmo? E música requer rebolado. Isso é um fato, não é?

Errado.

A música não pede rebolado e nem nada afetado. A música pede movimento e expressão; e aí que está o ponto. Se você rebola ao dançar é porque SUA expressão e SEU movimento PEDEM um rebolado! Quase uma psicologia reversa. Você faz o que, mesmo inconscientemente, acha que é "dançar". Se você tem alguma dúvida, lembre-se do ícone Arnold Schwarzenegger dançando tango em "True Lies", duro como um prego de caixão. Ele não rebola e não tem remelexos; ele nem mesmo tem cintura - só um amontoado de músculos rígidos! Se você acha que música é coisa de baitola, fale isso olhando praqueles 1,93m de pura massa.

Passado o ponto em que descobrimos que a dança então nada é mais do que a sua expressão corporal e a maneira como você a encara, vamos ao segundo ponto: Para que o homem dança? Para ser famoso, conquistar mulheres e parecer bonitão são todas respostas válidas. Se você responder "para se divertir", então você escorregou no quiabo ou tem 10 anos - a única exceção. E bem, todas as respostas justificadas pedem uma dança bem executada.

Novamente, um exemplo do mix macho/dança - Tony Manero, em "Os Embalos de Sábado à Noite", na cena clássica da dança solo. Ele tinha tudo para parecer uma drag-queen desvairada: música disco, luzes coloridas, roupas justas, dançava sozinho numa rodinha... Enfim, tinha a faca e o queijo na mão para parecer uma pomba-gira. Mas não, Tony Manero nos mostra que é possível dançar e pegar a mulherada. E tudo depende somente da atitude. Do olhar.

E no último e terceiro passo – como dançar bem. Afinal, se você já sabe que a dança pode ser uma coisa máscula e serve para tantos propósitos quanto uma caixa de ferramentas, acho que é lógico que você queira ficar bom nessa arte. E nisso, nada mais fácil do que uma outra leva de exemplos: Eu não boto minha mão no fogo por Carlinhos de Jesus, mas ele dança bem e pega a mulherada; o mesmo pode ser dito do Alexandre Pires. Qualquer aulinha de dança de salão pode colocá-lo nos trilhos certos pro coração da sua próxima ex-namorada; qualquer amiga que queira lhe ensinar a dançar deve ser bem recebida.
E nos supra-sumos dos exemplos de bons dançarinos que se fizeram pela dança são Michael Jackson e Elvis Presley. Sempre que alguém diz que Mike pegou mais um menininho, eu assisto os clipes de "Thriller" e "Smooth Criminal", e esqueço as acusações. Estão dizendo que aquele cara com a jaqueta vermelha pegou um moleque? Mentira! E sobre o Rei, o que dizer que não seja já chover no molhado? Seu rebolado era uma expressão tão pessoal, e sua dança era tão viril que... bem, que lhe chamam de Rei até hoje. Falar que homem não dança é uma ofensa à Elvis, praticamente a personificação entre homem e música.

Em suma, aprendam a dançar, meus amigos. Dança é uma das poucas certezas da vida aonde se precisa de um homem e uma mulher, ambos em seus papeis primais. Excetuando-se os bailes, o que sobrou? Nem o casamento está assim intocado.

A sua última liberdade poderá ser num dancefloor.


She's got a body under that shirt,
but all she wants to do is rub my face in the dirt.
'Cause, I can't dance, I can't talk.
The only thing about me is the way I walk.

Genesis - I can´t dance

6 comentários:

Ademar disse...

Olha, que post interessante. Eu acho que a dança é algo que está incluso nas mais diversas culturas de maneiras diferentes. Na Família Dinossauro vimos a "Dança do Acasalamento"! *rs* Em tribos indígenas temos todos os tipos de dança para os mais diversos fins. E hoje, a dança também tem seus fins. Seja para "catar mulher", seja como profissão. Tem gente que nasce com isso no sangue, não tem como.
E sobre o Elvis... bem, deixa pra lá... *LOL*

Victor disse...

e o filme mais novo que pode exemplificar o post é "Vem Dançar" com Tonico Banderas...
Mesmo sendo um clichê só, o filme mostra realmente isso que vc escreveu... minha ressalva para o tango entre Tonico e a aluna... que mulher é akela!!!!!?!?!?!

Confira, mesmo que o filme não valha a entrada que é cobrada, essa semana já é o suficiente...

Tsu disse...

Homem não dança...hmphs..
Dá soh uma olhada na galera que dança forró e encoxa uma porrada de mulher...e eles não precisam rebolar...
ateh eu tentei aprender...
Fora os caras q dançam tango...detonam...tipo perfume de mulher com o al paccino...
Tem q dançar com classe, de forma máscula e viril...eh a dança do acasalamento!

Tsu

http://filosofodeboteco.blogspot.com/

jéssica disse...

começei apouco tempo a ministrar aulas de dança em uma escola pública, nunca fui professora,mas sei dançar é um projeto chamado mais educação me enganjei e espero me aperfeiçoar preciso de ajuda me envie dicas de como ensinar sei lá conteúdo ,principalmente para adolescentes (rapazes)agradeço desde já!

Jossias disse...

Sou professor de dança! E achei esse texto muito sábio e inteligente, tanto que o ocupei nas minhas aulas... Obrigado.. Abraços

thomas disse...

THOMAS

ACHEI MUITO INTELIGENTE SEU GRITO DE SABEDORIA A RESPEITO DA DANÇA E PRINCIPALMENTE SE TRATANDO SOBRE O GENERO MASCULINO QUE DESDE SEMPRE SOFRE COM PRECONCEITOS DE FATO A DANÇA É A EXPRESSÃO MAIS INTIMA E SEDUTORA QUE NOS SERES HUMANOS TEMOS DE NOSSOS ANCESTRAIS ONDE CADA TEM SEU JEITO DE SENTIR E EXPRESSAR TAL MOVIMENTO, QUANDO VC FALA SOBRE O ''REBOLAR'' QUANDO SE DIZ ''DANÇAR'' ISSO É PRIMEIRA REAÇÃO DAS PESSOAS DOS REGISTROS GENETICOS QUE TEMOS, AGORA SE AQUELE TAL HOMEM QUE DANÇA ''REBOLA'' É HOMOSSEXUAL ISSO JÁ OUTRA DISCUÇÃO ....


THOMAS BAILARINO DA CIA. DANÇA MASCULINA JAIR MORAES E ALUNO DA FACULDADE DE ARTES DO PARANÁ - FAP.